Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    ANASP_Newsletter_03 a 04.04.2015

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    04042015

    ANASP_Newsletter_03 a 04.04.2015

    Mensagem por ANASP

    Polícia Judiciária efetua detenção por ofensas graves
    A vítima foi esfaqueada na sequência de violência doméstica >>
    2015-04-02 | 16:42
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    Polícia Judiciária deteve suspeito de abuso sexual de criança
    Foi detido um homem fortemente indiciado pela prática de dois crimes de abuso sexual de uma criança de 13 anos>>
    2015-04-02 | 16:37










    Correio da Manhã

    Ordem para deter terroristas
    Correio da Manhã
    E se voltarem a Portugal serão logo presos pela prática dos crimes de terrorismoe apologia de atos terroristas. Os mandados de detenção já foram ...


    Público.pt

    PCP acusa PSD e CDS de travarem esclarecimento sobre escutas ilegais das "secretas"
    Público.pt
    O Conselho de Fiscalização dos Serviços de Informações da República ... (Serviço de Informações Estratégicas e de Defesa) Jorge Silva Carvalho, ...

    Brasil e Portugal planejam apoiar ações de segurança marítima no Golfo da Guiné
    Portal Brasil
    Militares brasileiros manifestaram interesse em apoiar ações de segurança ... no Golfo da Guiné, na costa ocidental da África, junto com Portugal.


    Público.pt

    Jihadistas portugueses com mandados de captura
    Público.pt
    Estes mandados de captura são justificados pela existência de indícios da prática dos crimes de terrorismo e de apologia de acção terrorista, tendo ...


    Africa Monitor

    Portugal deve abrir-se a atores africanos “cruciais” como Costa do Marfim
    Africa Monitor
    Portugal deve aproveitar a abertura de países “cruciais” no contexto ... flagelada pro fenómenos como o vírus do Ébola, o terrorismo e a pirataria.


    Diário de Notícias - Lisboa

    Agressões aos guardas prisionais aumentaram porque subiram apreensões nas prisões
    Diário de Notícias - Lisboa
    O sindicalista afirmou que a apreensão de armas brancas resulta das buscas e revista ao espaço de habitação dos presos. O presidente do sindicato ...

    Estatuto dos Militares vai permitir reduções orçamentais
    Início
    O ministro da Defesa Nacional afirmou que o Estatuto dos Militares das Forças Armadas, aprovado em Conselho de Ministros, vai permitir concretizar ...


    Correio da Manhã

    Cadetes da Academia Naval angolana em treino miliar na fragata Bartolomeu Dias
    RTP
    ... hoje um treino a bordo da fragata Bartolomeu Dias, da Marinha de Portugal, juntamente com militares portugueses, ao largo da costa da angolana.


    Observador

    EMFAR: Pilotos serão os únicos a poder passar à reserva aos 44 anos de idade
    Observador
    Nalguns casos, isto foi feito para aproximar as Forças Armadas portugueses dos postos que existem em outras forças armadas de países aliados.





    Polícia apedreja janela e insulta moradores 

    Vídeo captado no bairro da Cova da Moura circula nas redes sociais.

    Ler mais em: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





    Juíza aposentada compulsivamente após condenação por branqueamento de capitais 

    Ler mais em: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





    Condolências por motivo de falecimento do grande cineasta português Sr. Manoel de Oliveira
    Embaixador da Federação da Rússia em Portugal, Sr. Oleg N.Belous, exprimiu as suas condolências por motivo de falecimento do grande cineasta português Sr. Manoel de Oliveira
    Novo Banco. Todos querem os chineses
    Banco de Portugal tem sete propostas não vinculativas pelo Novo Banco. Quem dará mais? Qual traria mais benefícios para a economia? E, ainda, quem é o favorito dos trabalhadores e das autoridades?



    Polícia Judiciária investiga explosão em Paredes de Coura que fez ...


    Público.pt -‎

    Uma equipa da Polícia Judiciária esteve no local a investigar as causas de uma explosão de gás numa casa localizada na freguesia de Agualonga, em Paredes de Coura, que provocou dois feridos graves e dois ligeiros. A explosão terá tido origem "numa ...



    Macedo é suspeito mas não arguido

    Expresso -‎

    Segundo agora se sabe, os agentes da Autoridade Tributária não tinham competência para executar este tipo de detenção, que segundo julgo saber são casos da exclusiva competência da Polícia Judiciária. Braga foi utilizada porque noutras secções ...




    02-04-2015


    • A Páscoa é o Natal dos carteiristas em Lisboa. In DN

    • Al-Qaeda ataca prisão no Iémen e liberta 300 presos. In DN

    • Apreensões nas prisões aumentam agressões a guardas. In TVI

    • [url=http://www.dn.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=4489366&seccao=Bernardo Pires de Lima]As faces do Irão[/url]. In DN

    • ASAE apreende 21500 litros de vinho. In JN

    • Ataque a universidade no Quénia provoca 15 mortos e dezenas de feridos. In TSF

    • Bragança e Beja no topo do trabalho escravo. In JN

    • Campo de refugiados tomado pelo Estado Islâmico. In Observador

    • Caso Relvas. Lusófona terá que anular 152 diplomas. In Observador

    • China está a construir uma grande muralha de areia no mar. In DN

    • Danos provocados pela explosão em Sesimbra devem ser apresentados à GNR. In TSF

    • Desmantelado grupo de abate ilegal de animais em Viana. In JN

    • Diretor apagou emails comprometedores. In Observador

    • Encontrada segunda caixa negra do A320. In RR

    • Erro médico foi fatal para Elisa. In CM

    • Estatuto dos Militares aprovado hoje em Conselho de Ministros. In Notíciasaominuto

    • Exceção. Pilotos vão passar à reserva aos 44 anos. In Observador

    • Explosão violenta numa pedreira em Sesimbra. In Observador

    • GNR salva mulher de afogamento. In CM

    • GNR vai participar explosão em pedreira de Sesimbra ao MP. In DN

    • Google lança aparelho do tamanho de uma ‘pen’ que transforma qualquer ecrã num computador. In DN

    • Guardas prisionais iniciam greve de 7 dias que vai afetar visitas aos reclusos. In TSF

    • Idosa com andarilho salva por militares. In CM

    • Incêndio de Castro Daire tem uma frente a arder com muita intensidade. In Ionline

    • Juiz admite que “atamancou” acórdão. In JN

    • Juíza condenada por branqueamento de capitais aposentada compulsivamente. In JN

    • Lubitz estava medicado e escondeu aos médicos que continuava a pilotar. In DN

    • [url=http://www.dn.pt/inicio/opiniao/interior.aspx?content_id=4489367&seccao=Viriato Soromenho marques&tag=Opini%E3o - Em Foco]Manda quem pode[/url]. In DN

    • Menos operações contra o crime. In Sol

    • Miguel Macedo acusado de favorecer amigos nos vistos “gold”. In RR

    • Naufrágio na Rússia faz pelo menos 54 mortos. In Público

    • Números do crime. In CM

    • Pedreira remete explicações para empresa que preparou destruição de explosivos. In TVI

    • Pólenes em níveis muito elevados em Lisboa, Beira Interior e Alentejo a partir de 6.ªfeira. In Público

    • PSP apreendeu 15 mil doses de heroína. In JN

    • PSP põe mais 100 agentes nas ruas de Lisboa por causa do “relaxe dos turistas” . In Público

    • Sesimbra. Pedreira remete explicações para empresa que preparou explosão. In RR

    • Temperaturas acima dos 25 graus. Cuidado com os raios UV. In RR

    • Treinador de futebol condenado a pena suspensa por extorsão. In JN

    • Turista agredido a soco e pontapé. In CM

    • Vistos gold. Tudo o que consta no processo contra Miguel Macedo. In Ionline







    ------------------------------------------------------------------------------------------------------



    A necessidade do exército americano deu origem ao Jeep

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    Em 20 de Outubro de 1883, nascia em Point Pleasant, EUA, o designer Karl Probst. Ele poderia ter passado despercebido pela história automóvel, mas decidiu assumir uma missão difícil e arriscada a pedido do Exército Americano.

    Era 1940 e os EUA estavam percebendo que brevemente estariam directamente envolvidos na Segunda Guerra Mundial, que já devastava a Europa. Pensando nisso, decidiu antecipar-se aos factos e pediu um projecto de um veículo leve de reconhecimento a 135 empresas no país. No entanto, apenas a Bantam e a Willys Overland responderam.

    A Bantam estava em processo de falência e não podia contar com sua equipe de engenharia, enquanto a Willys pediu mais tempo. Afinal, o Exército Norte-Americano pediu quase o impossível: 49 dias de prazo e nada mais! 

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Bantam BRC
    [size]
    No final, o protótipo já deveria ser totalmente funcional. Sem acção por parte da Willys, a Bantam pediu a Probst – freelancer na época – para desenvolver o projecto.

    Probst recusou, mas o Exército Norte-Americano, fez um pedido directo e ele acabou aceitando, mesmo sem receber qualquer tipo de remuneração. Karl provou ser completamente capaz de executar a missão. Em apenas dois dias ele desenhou o veículo que os militares queriam. Isso foi em 17 de Julho de 1940 e no dia 22 do mesmo mês, a Bantam apresentou o protótipo BRC (Bantam Reconnaissance Car).

    O BRC foi construído à mão e com peças de outros veículos, sendo então testado pelo exército e aprovado em todos os requisitos, excepto a potência do motor. De qualquer forma, o veículo já estava apto a ser produzido, mas o Exército Norte Americano, achou que a Bantam não conseguiria dar conta do recado e pediu para que Ford e Willys passassem a fabricar também o novo carro militar.

    Os componentes principais do veículo foram fornecidos pela Spicer e a Bantam manteve o nome BRC, enquanto a Ford o chamou de Pygmy (Pigmeu) e a Willys de Quad. Os três protótipos pré-série eram muito parecidos entre si e as diferenças estavam principalmente relacionadas com a grelha frontal.

    Para produção de série, os nomes foram alterados para Bantam BRC-40, Ford GP e Willys MA. Foram produzidas 1.500 unidades de cada modelo e imediatamente testados pelo o exército. Dos três fabricantes, a Willys deu um salto maior ao reduzir o peso para os 578 kg em ordem de marcha para uma especificação de uso militar e podia ainda usar o mais potente motor “Go Devil” da empresa.

    Com isso, a Willys ganhou o contrato principal de produção com um projecto que daria origem a um famoso utilitário 4×4 após a guerra. O visual do modelo, agora chamado MB, utilizava a grelha de barras verticais da Ford e o design foi adoptado pelo Exército Norte-Americano .

    Sem poder dar conta da procura, a Willys Overland pediu permissão para contratar a Ford, a fim de ajudar a obter o volume necessário. Infelizmente, a Bantam não teve sucesso, apesar de ter feito 2.700 unidades do BRC-40 e ter criado o projeto em tempo recorde.

    Jeep

    A origem real do nome “Jeep” ainda é alvo de debates, mas é usualmente aceite que derivou do termo “GP” (General Purpose) usado pela Ford no seu modelo. As letras “G” e “P” soariam como “Jeep” em inglês. A invenção do nome Jeep teria sido feita por Joe Frazer, presidente da Willys entre 1939 e 1944, usando exactamente a pronúncia das letras.

    Enfim, o nome Jeep surgia nos campos de batalha e acabou se tornando sinónimo desse tipo de veículo dentro do exército. A fama de indestrutível nas linhas de combate fez o nome “Jeep” significar também qualquer veículo inspirado no GP. Somente em Fevereiro de 1943, a Willys entra com o pedido de marca para “Jeep”.

    Durante a Segunda Guerra, Willys Overland e Ford construíram 640.000 unidades dos modelos MB e GPW, que representaram 18% de todos os veículos militares produzidos pelos EUA durante o conflito. O preço unitário era de US$ 648,74 na Willys e US$ 782,59 na Ford. Usado nos mais variados fins, o Jeep teve inclusive 30% de sua produção fornecidos para o Império Britânico e União Soviética.

    Pós-guerra


    Depois da guerra, a fama do Jeep se espalhou pelo mundo e diversos fabricantes copiaram o modelo, inclusive do Japão. O veículo também se tornou um objecto de arte, sendo considerado uma obra-prima do desenho industrial. Funcional e resistente, o projecto continuou a ser executado para fins militares, mas acabou caindo mesmo é nas graças dos consumidores civis.

    O primeiro Jeep civil foi o CJ-2A (Civil Jeep) de 1945 e custava US$ 1.090. Em 1953 surge o CJ-3B. A marca registada só seria dada à Willys Overland em 1950. Mas ela iniciou um período de mudanças de dono. A empresa foi vendida para a Kaiser Motors em 1953 e a divisão Jeep virou Kaiser-Jeep em 1963. Com faróis maiores e para-lamas dianteiros mais delineados, o veículo foi sempre o best seller da empresa nas décadas seguintes, apesar de terem surgido variantes.

    Das séries do utilitário 4×4, a fabricada por mais tempo foi a CJ-5, que ficou em linha entre 1954 e 1983. Haviam também as séries FJ, FD, Jeepster, Forward Control e “M”. Em 1963, surge a série SJ, que tornaria a Jeep mais diversificada, pois tratava-se de um veículo maior e contemporâneo da época. (N.A)[/size]



    FRAGATA BARTOLOMEU DIAS VISITA A CIDADE DO LOBITO (ANGOLA)

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    A fragata Bartolomeu Dias, da Marinha Portuguesa, atracou hoje no porto do Lobito, Benguela, para desenvolver a cooperação técnico-militar entre as Marinhas de Portugal e Angola, na iniciativa MAR ABERTO.

    A iniciativa prevê acções de treino com um navio patrulha da classe Mandume, exercícios de mergulho de combate, intercâmbio de experiência na área da saúde militar, bem como diversas visitas a bordo por diferentes cursos de formação de especialistas da Marinha de Guerra Angolana.

    No trânsito entre Luanda e o Lobito, a fragata Bartolomeu Dias embarcou 24 cadetes da Academia Naval Angolana que realizaram treino em alto mar, com enfoque nas perícias da navegação, da marinharia e da segurança no mar. Os cadetes integraram os serviços de bordo, tendo igualmente acompanhado e participado nas acções de treino nas áreas de limitação de avarias, do combate a sinistros a bordo e do socorrismo de combate, assim como em palestras no âmbito da segurança do tiro, da navegação e das comunicações.

    A iniciativa MAR ABERTO visa o aprofundamento e o reforço da cooperação bilateral junto de países membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), através de acções de instrução e treino conjuntas, tendentes à edificação de capacidades próprias dos países parceiros, no quadro da estrutura superior das Forças Armadas, dos sistemas de segurança marítima e de autoridade marítima.

    A fragata Bartolomeu Dias é comandada pelo capitão-de-fragata Paulo Cavaleiro Ângelo e tem embarcados 172 militares portugueses, bem como militares convidados de outras nacionalidades.(EMGFA)



    Brasil e Portugal planeiam apoiar ações de segurança marítima no Golfo da Guiné

    Militares brasileiros manifestaram interesse em apoiar acções de segurança marítima no Golfo da Guiné, na costa ocidental da África, junto com Portugal. O assunto foi debatido durante a V Reunião de Cooperação Estratégica de Defesa entre os dois países, realizada em Brasília (DF) no período de 31/03 a 2/4. O evento reuniu civis especialistas em defesa e integrantes das Forças Armadas. 

    De acordo com o vice-chefe de Assuntos Estratégicos do Ministério da Defesa, almirante José Carlos Mathias, a região é estratégica para ambas nações. “Com esse encontro, ficou clara a posição brasileira e portuguesa acerca do tema”, disse. Futuramente, os dois países devem realizar actividades conjuntas para combater, sobretudo, a pirataria no Golfo da Guiné.

    Também foram debatidos temas como a Política Nacional de Defesa, Indústria de Defesa, Saúde Militar e Ensino Superior Militar. O objectivo principal da reunião foi estreitar a parceria já existente luso-brasileira no sector.

    Chefe da delegação portuguesa, o director-geral de Política de Defesa Nacional, Nuno Pinheiro Torres, destacou os laços históricos que seu Estado mantém com o Brasil. E afirmou que compromissos bilaterais são importantes para aumentar a confiança e o diálogo a nível político. “Em algumas áreas encontramos espaço para desenvolver mais cooperação”, salientou.

    A próxima Reunião de Cooperação Estratégica de Defesa Brasil-Portugal acontece na nação europeia em data a ser definida. (Portal Brasil)

    [/size]

    Sessão de Encerramento do Projeto SHERLOC

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O consórcio do projecto de Investigação e desenvolvimento SHERLOC (advanced tools and systems for Structural HEalth diagnostics of Rotorcraft critical cOmposite Components) apresentou à ANI-Agência Nacional de Inovação, no dia 01 de abril de 2015, na Base Aérea N.º 6, os resultados finais deste projecto.

    O projecto teve como resultado final a criação e validação de ferramentas avançadas de diagnóstico de aeroestruturas/componentes compósitos considerando todo o seu ciclo de vida, incluindo testes de protótipos em laboratório e instrumentação de componentes em compósito a bordo da aeronave EH-101 Merlin.

    Neste projecto foram desenvolvidas as seguintes ferramentas:

    1) Técnica expedita de NDT (Non Destructive Testing) baseada na medição de impedância electromecânica para detecção de defeitos e danos em compósitos;
    2) Técnica avançada de NDT para diagnóstico de dano (detecção, localização e severidade) em componentes compósitos baseados na tecnologia VS2™ para operações de inspecção e manutenção;
    3) Sistema avançado de SHM baseada na tecnologia VS2™, testado com dados de voo, de avaliação da condição estrutural de aeroestruturas;
    4) Sistema avançado de integração de ferramentas de NDT e SHM (Structural Health Monitoring) (com actualização da informação do sistema SHM).

    O contributo mais relevante da Força Aérea neste projecto foi possibilitar a utilização de uma ferramenta de SHM a bordo de uma aeronave, garantindo que a mesma tem potencialidade para uma utilização operacional. A implementação da ferramenta de SHM compreendeu a instalação do sistema de aquisição de dados, a instalação de sensores nos painéis e a instalação e fixação das cablagens dos sensores entre o sistema de aquisição de dados e os sensores.

    Para tal, foi necessário garantir que esta ferramenta cumprisse com os necessários requisitos de certificação de aeronavegabilidade, que se traduzem numa instalação da ferramenta SHM segura, não causando riscos adicionais à segurança da aeronave, tripulantes e seus ocupantes. Para a realização de testes em voo com a ferramenta SHM a bordo da aeronave EH-101 foi emitida uma Licença Especial de Aeronavegabilidade pela Autoridade Aeronáutica Nacional. (FAP)



    FORÇA AÉREA PORTUGUESA - FOTO DA SEMANA

    [/size]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    P--3C Orion Cup + , em exercícios ao largo da costa Angolana(FAP)
    [size]


    O novo Estatuto dos Militares vai permitir reduções orçamentais

    Em conferência de imprensa, no final do Conselho de Ministros, José Pedro Aguiar-Branco afirmou que o novo estatuto "não tem qualquer impacto orçamental em termos de aumento de despesa do Estado, pelo contrário".

    "Este diploma vai permitir a materialização efectiva das reduções orçamentais decorrentes da legislação anteriormente aprovada, como por exemplo as novas leis orgânicas do Ministério da Defesa Nacional, do Estado-Maior e dos ramos, e o diploma de fixação de efectivos para 2015. O que significa que isto representa um contributo muito significativo da Defesa Nacional e das Forças Armadas a para a optimização dos recursos disponíveis do país", acrescentou.

    Segundo Aguiar-Branco, com a aprovação deste novo estatuto, "culmina um processo em que pela primeira vez em 40 anos da democracia se revê por completo e numa só legislatura todo o sector da Defesa Nacional" e "ficam concluídos os grandes objectivos" do Governo PSD/CDS-PP para este sector.

    O novo Estatuto dos Militares das Forças Armadas aprovado hoje em Conselho de Ministros prevê condições mais restritivas de passagem à reserva e aumenta o tempo de permanência em alguns postos.

    As novas alterações a este diploma, que regula os aspectos essenciais da carreira militar e está em revisão desde o final de 2013, têm sido muito criticadas pelas associações sócio profissionais.

    Entre as principais alterações estão o aumento da idade da reforma dos 65 para os 66 anos a partir de 2016, tal como para a restante administração pública, além de um novo modelo de convocação de militares na reserva para o desempenho de funções.

    Já para conseguirem passar à reserva, os militares passam a ter de cumprir 40 anos de tempo de serviço militar e 55 anos de idade, quando até agora estas condições eram em alternativa.

    Entre as medidas já conhecidas estão também a criação dos postos de comodoro/brigadeiro-general, de sub sargento/furriel e de cabo-mor, a promoção dos enfermeiros militares a oficiais e o aumento do tempo mínimo de permanência dos pilotos-aviadores da Força Aérea de 12 para 14 anos.
     (JN)



    CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS DA LITUÂNIA VISITA AS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS

    [/size]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O Chefe das Forças Armadas da Lituânia, Major-general Jonas Vytautas Žukas, realizou uma visita oficial às Forças Armadas Portuguesas, a convite do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, General Artur Pina Monteiro, no período de 30 de Março a 1 de Abril de 2015.

    No dia 30 de Março, o Major-general Jonas Vytautas Žukas recebeu honras militares no Forte do Bom Sucesso, tendo sido depositada uma coroa de flores no Monumento em Homenagem aos Mortos em Combate.

    Após a cerimónia, teve lugar um encontro com o General Pina Monteiro, no edifício do Estado-Maior-General das Forças Armadas, seguido de uma reunião de trabalho com a delegação das Forças Armadas da Lituânia.

    O programa do primeiro dia terminou com o Ministro da Defesa Nacional, Dr. José Pedro Aguiar-Branco a receber em audiência o Major-general Jonas Vytautas Žukas.

    No dia 31 de Março, o Chefe das Forças Armadas da Lituânia teve oportunidade de visitar o Comando Aéreo e a Base Aérea Nº 5 (Monte Real), onde teve oportunidade de contactar com a Esquadra 301, de F-16, que integraram o destacamento português na Lituânia, na missão de Patrulhamento Aéreo nos Países do Báltico (BAP, na sigla em inglês).

    No dia seguinte, o Major-general Jonas Žukas visitou o Comando das Forças Terrestres, do Exército, onde lhe foi apresentado o plano de actividades detalhado do Esquadrão de Reconhecimento que, no mesmo dia, tinha sido projectado de Portugal para a Lituânia, concluindo desta forma a visita às Forças Armadas Portuguesas.

    A forma cordial e franca como decorreram todos os eventos, fruto do interesse demonstrado por ambas as partes nesta visita, contribuiu significativamente para o aprofundamento das relações de cooperação e para o reforço dos laços de amizade entre as Forças Armadas de Portugal e da Lituânia. (EMGFA)



    58º Aniversário do Comando Aéreo

    [/size]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    O Comando Aéreo celebrou, no dia 01 de Abril de 2015, o seu 58º Aniversário. A cerimónia decorreu nesta Unidade, em Monsanto (Lisboa). (FAP)






    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Força Militar Portuguesa em missão da NATO na Lituânia
    Os militares portugueses partiram no passado dia 31 de março com destino à capital da Lituânia.










    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    FRAGATA BARTOLOMEU DIAS VISITA A CIDADE DO LOBITO

    FRAGATA BARTOLOMEU DIAS VISITA A CIDADE DO LOBITO 

    3-04-2015
      A fragata Bartolomeu Dias, da Marinha Portuguesa, atracou hoje no porto do Lobito, Benguela, para desenvolver a cooperação técnico-militar entre as Marinhas de Portugal e Angola, na iniciativa M(…)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ler MaisTop

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS DA LITUÂNIA VISITA AS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS

    CHEFE DAS FORÇAS ARMADAS DA LITUÂNIA VISITA AS FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS

    2-04-2015
          O Chefe das Forças Armadas da Lituânia, Major-general Jonas Vytautas Žukas, realizou uma visita oficial às Forças Armadas Portuguesas, a convite do Chefe do Estado-Maior-General das Forças Ar(…)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ler Mais


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Qua 26 Abr 2017, 04:03