Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    ARTIGOS_10-07-2014

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    11072014

    ARTIGOS_10-07-2014

    Mensagem por ANASP

    [size=32]ARTIGOS[/size]


    Vídeo das Comemorações do Dia da Força Aérea

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]





    PORTUGAL ACOLHE EXERCÍCIO DE VEÍCULOS AUTÓNOMOS NO REP14-ATLÂNTICO
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O exercício Recognized Environmental Picture (REP) Atlantic 2014 (REP14-Atlântico) é um exercício conjunto da Marinha, NATO Centre for Maritime Research and Experimentation (CMRE) e a Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP), que teve início no dia 7 de Julho a partir da Base Naval de Lisboa, e decorrerá nas áreas marítimas a sul de Sesimbra e de Sines, até ao dia 24 de Julho. 

    No REP 14-Atlântico irão ser operados diversos veículos autónomos, nomeadamente veículos autónomos de superfície (ASVS), veículos autónomos submarinos (AUV) e veículos aéreos não tripulados (UAV), equipados com diferentes sensores acústicos, bem como diversos equipamentos de comunicações a partir de navios da Marinha Portuguesa, nomeadamente o NRP Pégaso, o NRP Auriga e o submarino NRP Arpão, bem como do navio de investigação da NATO, o NRV Alliance.

    Este ano o exercício tem o objectivo de testar redes de veículos marítimos não tripulados em operações de guerra de minas, protecção portuária, conhecimento ambiental, busca e salvamento. Também participam neste exercício a Universidade de Roma, a Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, o Real Instituto de Tecnologia da Suécia, várias instituições americanas de investigação e as empresas EvoLogics (Alemanha) e Oceanscan (Portugal).

    Através do REP14-Atlântico pretende-se que todos os parceiros colaborem em projectos de investigação relativos a comunicações submarinas, redes DTN (delay tolerante networking), interoperabilidade de sistemas e veículos. (MGP)


    [/size]

    PROTOCOLO DE COLABORAÇÃO ENTRE O EXÉRCITO PORTUGUÊS E A CÂMARA MUNICIPAL DE ESTARREJA
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, e o Major General do Exército Português, António Rebelo Teixeira, assinaram esta manhã um protocolo de colaboração que visa divulgar as condições de prestação de serviço militar nos regimes de voluntariado e de contrato.

    A colaboração entre as duas entidades surge no âmbito de acções de divulgação da prestação de serviço militar de RV (regime de voluntariado) e RC (regime de contrato), no município, bem como da prestação de esclarecimentos e cooperação relativa a assuntos de natureza militar. Este protocolo insere-se na estratégia de recrutamento contínuo de voluntários, reclamada por um sistema que visa assegurar a disponibilidade de recursos humanos qualificados.

    Na prática, esta parceria permitirá prestar os esclarecimentos relativos a assuntos militares no edifício dos Paços do Concelho da Câmara Municipal de Estarreja, nomeadamente aqueles que dizem respeito a: Recenseamento Militar; Dia da Defesa Nacional; Certidões Militares; 2.as vias de Cédulas Militares; Contagens de Tempo de Serviço; Requerimento para Complemento de Pensão e Reforma (Ex-Combatentes); Outros requerimentos.

    O Exército compromete-se a dar formação aos recursos humanos da Câmara Municipal sobre a divulgação do serviço militar em RV e RC e os assuntos relacionados com as obrigações militares dos cidadãos; disponibilizar todos os meios de divulgação e colaborar com a autarquia na realização de eventos de carácter cultural, recreativo e desportivo que contribuam para a divulgação do serviço militar.

    O protocolo entra em vigor na data da sua assinatura e vigora, a título experimental, pelo período de 3 meses. Findo este período experimental, será feita a respectiva avaliação e aferido o interesse pela sua manutenção considerar-se-á renovado pelo período subsequente de um ano, podendo ser renovado por iguais períodos. (Local Pt)

    [/size]

    EXERCÍCIO "JÚPITER 14" DA BRIGADA DE INTERVENÇÃO

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    Decorreu no período entre 25 de Junho e 01 de Julho de 2014, na região de Moimenta da Beira, o exercício “JÚPITER 14” da Brigada de Intervenção (BrigInt).

    Sendo um exercício sectorial contemplado no Plano Integrado de Treino Operacional para 2014, teve como finalidade exercitar e desenvolver as capacidades operacionais do Agrupamento de Manobra da Força Tarefa 1200, que se constituiu como Audiência Primária de Treino.

    No último dia do exercício o Agrupamento de Manobra da Força Tarefa 1200 recebeu a visita do Presidente da Câmara Municipal de Moimenta da Beira, acompanhado por diversas entidades representantes das forças vivas da região, a convite do Comandante da Brigada de Intervenção. Nesta ocasião, as entidades convidadas tiveram a oportunidade de ficar a conhecer as capacidades da Brigada de Intervenção e de assistir a uma demonstração levada a efeito pelo Agrupamento FT1200. No final da visita as viaturas que compõem o Agrupamento FT1200 desfilaram na Avenida 25 de Abril, passando em frente à Câmara Municipal de Moimenta da Beira, tendo os Moimentenses aderido em grande número e de forma entusiástica.

    Participaram no exercício “JÚPITER 14” cerca de 750 militares e 120 viaturas da BrigInt, de onde se destacam as 50 Viaturas Blindadas de Rodas PANDUR II 8X8, nas suas diferentes tipologias, que qualificam a Brigada de Intervenção como a “Força Blindada de Rodas” do Exército.

    Publicada por JJS à(s) 15:43 Sem comentários: 
    Enviar a mensagem por e-mailDê a sua opinião!Partilhar no TwitterPartilhar no FacebookPartilhar no Pinterest

    Etiquetas: BrigInt, [url=http://defesanacionalpt.blogspot.pt/search/label/Exerc%C3%ADcios Militares]Exercícios Militares[/url], [url=http://defesanacionalpt.blogspot.pt/search/label/Ex%C3%A9rcito Portugu%C3%AAs]Exército Português[/url], Júpiter
    [/size]
    terça-feira, 8 de Julho de 2014

    Chefe de Estado-Maior da Armada quer reforçar cooperação em Angola
    O almirante Luís Manuel Fragoso, que se encontra em Luanda a convite do seu homólogo angolano, foi hoje recebido pelo ministro da Defesa de Angola, João Lourenço, e pelo Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas Angolanas, general Geraldo Sachipengo Nunda.

    Em declarações à imprensa no final da audiência, o CEMA português disse que, tendo tomado posse recentemente, em Dezembro de 2013, a deslocação a Angola visa reafirmar a disponibilidade da marinha portuguesa na formação dos militares angolanos.

    A propósito desta visita, o Chefe de Estado-Maior das Forças Armadas Angolanas classificou como "profícua" a cooperação entre as forças dos dois países, desde 1992, "com muitas vantagens para Angola".

    Segundo Geraldo Sachipengo Nunda, as relações de cooperação entre as duas forças "têm decorrido até agora de uma forma muito proveitosa".

    "Privilegiamos fundamentalmente as áreas de formação de quadros e também a consultoria ou assessoria nos diversos escalões", referiu chefe militar angolano, acrescentando que todas as escolas da Marinha de Angola contam com consultores portugueses, além do envio de cadetes angolanos para Portugal.

    O Chefe de Estado-Maior da Marinha de Guerra de Angola, almirante Augusto da Silva Cunha, disse que Portugal é pioneiro na organização das Forças Armadas Angolanas e que essa cooperação "tem seguido o seu curso normal até agora".

    "Dentro desses anos todos temos aprofundado essa cooperação, nomeadamente na área da formação de quadros e assessoria técnica às escolas do ramo. Estendi esse convite ao Chefe de Estado-Maior da Armada portuguesa porque iniciou o seu mandato agora e não tinha qualquer contacto físico com a Marinha de Guerra" de Angola, sublinhou o almirante angolano.

    Augusto da Silva Cunha disse ainda que o convite visa mostrar a realidade angolana, tendo em conta o empenho das forças armadas angolanas no desenvolvimento do subsistema de ensino da Marinha.

    "E é nessa área precisamente onde a cooperação é mais profunda com a marinha portuguesa", frisou.(NM)


    ----------------------------------------------

    INTEL

    Why Moldova Urgently Matters

    By Robert D. Kaplan

    "NATO's Article 5 offers little protection against Vladimir Putin's Russia," Iulian Fota, Romania's presidential national security adviser, told me on a recent visit to Bucharest. "Article 5 protects Romania and other Eastern European countries against a military invasion. But it does not protect them against subversion," that is, intelligence activities, the running of criminal networks, the buying-up of banks and other strategic assets, and indirect control of media organs to undermine public opinion. Moreover, Article 5 does not protect Eastern Europe against reliance on Russian energy.

    As Romanian President Traian Basescu told me, Romania is a somewhat energy-rich island surrounded by a Gazprom empire. The president ran his finger over a map showing how Romania's neighbors such as Bulgaria and Hungary were almost completely dependent on Russian natural gas, while Romania -- because of its own hydrocarbon reserves -- still has a significant measure of independence. In the 21st century, the president explained, Gazprom is more dangerous than the Russian army. The national security adviser then added: "Putin is not an apparatchik; he is a former intelligence officer," implying that Putin will act subtly. Putin's Russia will not fight conventionally for territory in the former satellite states, but unconventionally for hearts and minds, Fota went on. "Putin knows that the flaw of the Soviet Union was that it did not have soft power."

    Thus, Moscow's strategy is about taking over countries from within. In this battle, it is precisely during the quiet periods, when an issue like Ukraine drifts off the front pages because of the Middle East, for example, that we should be worried.

    Read more »


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Sab 27 Maio 2017, 13:54