Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    BRASIL VERDADE- por um país sem corruptos

    Compartilhe
    avatar
    comandante

    Mensagens : 61
    Reputação : 3
    Data de inscrição : 18/07/2009
    Idade : 38
    20072009

    BRASIL VERDADE- por um país sem corruptos

    Mensagem por comandante

    ARTIGOS


    20/07/2009

    A miséria extrema
    Parando e olhando com alguma atenção para trás, podemos verificar que a fome é um flagelo com origem nos primórdios da civilização. Apesar do seu espectro ter predominado tão intensamente ao longo dos milénios, inúmeras gerações temiam abordar este tema, dissimulando o elevadíssimo numero de população na miséria.

    Este comportamento era originado pelo egoísmo, pela carência de solidariedade. Os prejuízos físicos e psíquicos ocasionados pela fome superam os inerentes ao belicismo, aos cataclismos e epidemias.

    A fome mãe de todas as misérias é alimentada ainda nos dias de hoje pela cegueira do homem, que facilmente tende em esquecer a sua condição de comum mortal e se verga aos caprichos da ambição desmedida e da ganância!

    Mas como num quadro de Miséria Extrema a fome domina mas não está só, esta faz-se na grande maioria das vezes acompanhar pela mendicidade, prostituição muitas vezes infantil, alcoolismo, violência, epidemias, toxicodependência etc…

    Tal como diz o povo, não há miséria que não dê em fartura, e tirando proveito desta catástrofe, há uma minoria de pessoas, se assim lhes podemos chamar, que vivem no extremo oposto da sociedade, a riqueza extrema.

    Acumulam fortunas de origem duvidosa, em negócios como o tráfico de droga, tráfico de seres humanos, tráfico de órgãos, de armas, de diamantes de influências etc..

    Depois temos ainda na sociedade os OUTROS, aqueles que deveriam defender os cidadãos, garantindo as condições mínimas de subsistência e de dignidade humana, mas que cada vez mais a troco de financiamentos vão cedendo aos Abutres e trocando o sorriso na cara das crianças pela fome na barriga e pela amargura no coração.

    Hoje se pararmos numa grade cidade, olharmos com olhos de ver ouvirmos com ouvidos de ouvir, sentirmos com o coração, poderemos facilmente notar na pele o fio gelado da faca da Miséria, a fome estampada nos corpos das crianças de rua, ouvir o grito silencioso que vem dos seus corações, ver a dor surda que lhes brota pelos olhos. Como poderá humanidade caminhar, durante quanto tempo poderemos assistir à decadência da raça humana.

    Isto leva-nos inevitavelmente para outras questões, e tendemos em justificar as atrocidades do homem sobre o seu semelhante, para supostas forças ocultas e para a falha dos profetas que prometeram à humanidade a salvação.

    Quando como hoje, a humanidade caminha de olhos vendados, facilmente poderemos prever que a herança que vamos deixar as gerações vindouras, será um legado de morte, de miséria e de ganância.

    O mundo está agastado pela estupidez da raça humana, a submissão, a angústia a dor física e psicológica encontra em nós terreno fértil.

    Os senhores do Mundo cavalgam sobre os oprimidos de espada em punho, decapitando todos os que se lhes opuserem, no chão jazem aos milhares, homens, mulheres e crianças vítimas da hipocrisia e da arrogância.

    Olhando olho o mundo com atenção, surge em mim uma dor inigualável, uma dor que não é física, um sentimento de impotência e de desilusão.

    Como pode o criador ter escondido em cada um de nós um assassino, um ser desprezível capaz das maiores atrocidades imagináveis, um matador de crianças e de mulheres, que tapa os olhos enquanto desfere o golpe de misericórdia. Como pode o criador ter feito tal coisa com a raça humana?

    Todos nos, de uma forma ou de outra temos as mãos manchadas de sangue, mesmo fingindo não reparar, somos responsáveis de igual modo por este cataclismo.

    Parece que nascemos com uma tendência assassina e suicida da qual não nos queremos livrar, como que se a Miséria e a fome nos alimentassem a alma.

    Mas, onde terá o Criador deixado a saída para esta catástrofe, restar-nos-á esperar de boca aberta a vinda do Salvador Anunciado?

    Não, o Salvador já cá está, desde o primeiro dia da humanidade esteve sempre presente, à espera dentro de cada ser humano, assistindo a este absurdo monstruoso. É necessário que cada um de nos se assuma como fundamental para por termo a todo isto, o Amor, o Respeito, a Fraternidade estão em igual medida dentro de nos!

    O homem é uma criação muito mais perfeita do que aquilo que assume ser, é tão perfeita, que tem em si o poder de escolha do caminho a dar ao mundo. O assumir de cada um de nós esta consciência é fundamental, para que deixemos de nos comportar como criaturas irracionais que esperam a vinda de um ser superior para nos salvar de nos próprios.

    Quantas vidas ceifaremos, com a fome, as guerras, a droga em suma com a nossa estupidez!

    Dentro de cada homem há uma vítima e um assassino, resta-nos escolher a qual dar vida em nome da vida da humanidade.

    Ricardo Vieira - Presidente da ANASP
    Associação Nacional de Agentes de Segurança Privada - Portugal
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Ter 17 Out 2017, 09:59