Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    Cada casa tem o seu bunker

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    14022015

    Cada casa tem o seu bunker

    Mensagem por ANASP

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    • Lucília Galha

    Pergunta: se amanhã houvesse uma catástrofe nuclear à escala mundial, quem sobreviveria? As baratas? Talvez. Não são resistentes à radioactividade, mas o tamanho reduzido e corpo achatado podem ajudá-las a proteger-se das radiações. Mais certa do que a sobrevivência das baratas seria a dos tardígrados ou ursos de água – um animal microscópico que vive na água e é apontado como o mais resistente do planeta. É capaz de suportar o frio extremo, o calor do deserto e de viver no fundo do mar. Mas estes animais teriam companhia.

    Afinal, tão certa como a resistência dos tardígrados seria a sobrevivência de toda a população suíça. Porquê? Na Suíça, cada prédio, ou casa particular, é obrigado por lei a ter uma espécie de refúgio subterrâneo, com portas de aço reforçado, sistema de ventilação com filtragem de gases e mantimentos para pelo menos quatro meses e meio. Existem no país mais de 300 mil destes abrigos, em casas, hospitais e escolas e outro meio milhar de refúgios comunitários, com capacidade para albergar 114% da população.
     
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    O refúgio dos sem-abrigo 
    A explicação remonta a 1963 quando, no auge Guerra Fria, o governo aprovou uma lei federal a exigir que todas as novas construções incorporassem um abrigo nuclear. Criou um organismo para gerir a rede de abrigos e divulgou um panfleto com a lista de alimentos a armazenar, entre os quais comida para animais, chocolate, salsichas e queijos duros. Periodicamente, prática que ainda hoje se mantém, um inspector visita os abrigos das residências privadas para verificar se estão em ordem. Todas as Primaveras, há um simulacro em que as sirenes tocam só para as pessoas se habituarem ao som do alarme.

    Passada a paranóia de um ataque nuclear, houve várias tentativas de abolir esta lei, mas isso nunca acontreceu na totalidade. Em Março de 2011, o sismo que desencadeou um desastre nuclear em Fukushima, no Japão, fez recuar a Câmara Baixa do Parlamento suíço a dias de se aprovar uma moção para anular a lei. Contudo, depois disso já houve uma alteração: hoje, só os edifícios maiores são obrigados a ter um abrigo nuclear e os particulares que optem por não construir um em sua casa têm de pagar uma taxa anual de cerca de 1.200 euros a mais para garantir lugar num refúgio comunitário.

    Seja como for, como é cada vez mais improvável que os 300 mil abrigos na Suíça sirvam o seu propósito inicial, os serviços sociais de Genebra decidiram dar-lhe um novo uso: durante a noite e no Inverno acolhem os imigrantes sem tecto e os sem-abrigo.
     
    A Europa está preparada
    A Suíça não é o único país europeu protegido contra uma ameaça nuclear. Na Suécia e na Finlândia há abrigos para cerca de 80% da população, na Áustria apenas para 30% e a maioria não tem ventilação, e na Alemanha só para 3% das pessoas.


    fonte. [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking

    avatar

    Mensagem em Dom 15 Fev 2015, 07:18 por mjtc

    Não se esqueçam que nos Estados Unidos da América existem inúmeros abrigos anti-nucleares, os famosos bunkers. No tempo da Guerra Fria, nas escolas os alunos faziam simulacros em caso de haver uma guerra nuclear.

      Data/hora atual: Dom 23 Jul 2017, 08:36