Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    ARTIGOS 04Dez

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    04122014

    ARTIGOS 04Dez

    Mensagem por ANASP

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS REALIZAM EXERCÍCIO LUSITANO 2014

    FORÇAS ARMADAS PORTUGUESAS REALIZAM EXERCÍCIO LUSITANO 2014

    4-12-2014
    As Forças Armadas Portuguesas estão a realizar o Exercício LUSITANO 2014, que decorre em Portugal continental e nos Arquipélagos da Madeira e Açores, de 24 de novembro a 05 de dezembro de 2014. O (…)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ler Mais

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Comunicados 2014-22

    FRAGATA ÁLVARES CABRAL EM MISSÃO DE APOIO A CABO VERDE

    3-12-2014
    A fragata Álvares Cabral atracou hoje, dia 03 de dezembro, pelas 16h00 (hora de Lisboa), na cidade da Praia, onde coordenará com as autoridades locais as ações a desenvolver na operação de apoio à (…)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ler Mais





    -----------------------------------------------------------------------------------------



    Destaque:
     
    Kissinger, na entrevista de que se faz uma referência no início deste artigo, quando confrontado pelos entrevistadores a dizerem-lhe que não se pode dizer aos ucranianos que não são livres de escolher o seu próprio futuro, responde com um esclarecedor “Porque não?”, que termina a entrevista. O Ocidente terá esquecido que a questão da adesão à NATO sempre dividiu os ucranianos e que estes nunca conseguiram eleger um Governo que em vez de se limitar a ter em consideração a fação que o elegeu tivesse também em conta, de forma mais sensata, o quadro geral do País, incluindo uma aberta oposição à NATO por cerca de 50% da sua população.
     
    Para ver texto completo, consultar: “A Rússia e uma nova ordem internacional” (ARR)
     
    Pode seguir o link abaixo indicado.
     
     
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    Página web > [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



    ---------------------------------------------------------------------------------------------------------



    Chegada dos Militares da Força Aérea

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    Regressaram na passada segunda-feira, dia 1 de Dezembro, os militares que estiveram integrados nas Forças Nacionais Destacadas ao serviço das Nações Unidas e da NATO na realização de operações no Mali e na Lituânia respectivamente.

    O destacamento aéreo em Bamako, Mali, foi constituído por uma aeronave C-130H Hércules, respectiva tripulação, pessoal de apoio e seis militares do Exército, num total de 47 militares. Durante os cerca de três meses de operação, os militares da Força Aérea realizaram missões que contribuíram enquanto pilar no processo de estabilização e de manutenção de paz na região, destacando-se o transporte de militares, ajuda humanitária, água potável e mantimentos, perfazendo um total de 234 horas de voo no transporte de 1568 pessoas e 216.325KG de carga.

    Sob a égide da NATO, a Esquadra 601 “Lobos”, realizou durante um mês, missões de patrulhamento marítimo no âmbito das Immediate Assurance Measures(IAM) 14, sediados na Base Aérea em Siauliai, Lituânia.

    Durante a operação, foram empenhados 27 militares das áreas de operações, logística, manutenção, comunicações e sistemas de informação e de apoio tendo sido realizadas 13 missões, totalizando cerca de 90 horas de voo.

    Na zona de operações, foram identificados e classificados vários meios, aéreos e marítimos, de nacionalidade Russa, tendo sido os seus movimentos e operação monitorizados e reportados, contribuindo para a manutenção do panorama do Báltico. (FAP)



    As Forças Expedicionárias Marítimas serão determinantes nas “operações da NATO”[/size]
    “Estou convicto de que as Forças Expedicionárias Marítimas terão um papel determinante nas Operações da NATO”, afirmou o ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, na abertura da conferência da Strike Force NATO (STRIKFORNATO), que decorreu esta manhã, em Oeiras.

    A necessidade de meios operacionais mais rápidos, mais eficientes e mais eficazes justificam a importância crescente deste tipo de forças e das quais a STRIKFORNATO é a principal responsável.

    Para o ministro da Defesa Nacional, as ameaças crescentes e os “desafios multipolares” que caracterizam o actual ambiente de segurança irão forçar a Aliança a adaptar-se a uma nova realidade, onde as operações expedicionárias marítimas constituem “um instrumento fundamental”.

    Para dar um novo impulso às Forças Navais Permanentes da NATO - que sofreram um desinvestimento em consequência dos elevados recursos empenhados no Afeganistão – José Pedro Aguiar-Branco considera fundamental que se desenvolva agora o treino e o exercício militares.

    O ministro da Defesa Nacional adiantou ainda que o exercício Trident Juncture 2015, no próximo ano, permitirá a certificação da NATO Response Force e do uso das forças expedicionárias. “A NATO precisa de estar preparada para encarar os desafios e as ameaças futuras e as Forças Expedicionárias Marítimas são um recurso vital que deve ser potenciado”, concluiu. (Defesa)



    Portugal e Angola reforçam programa de cooperação na área da Defesa

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    Os ministros da Defesa de Portugal e Angola, respectivamente, José Pedro Aguiar-Branco e João Lourenço, assinaram hoje, na Fortaleza de S. Julião da Barra, em Oeiras, um Programa Quadro de Cooperação Técnico-Militar para o triénio 2015-2017.

    Um programa que, de acordo com o ministro da Defesa português, visa “reforçar a cooperação nalgumas áreas específicas das componentes “naval, aeronáutica e terrestre”, mas dando continuidade ao “bom relacionamento” que existe, desde há muito tempo, entre os dois países.

    Durante a intervenção de abertura da conferência de imprensa que juntou os dois ministros, José Pedro Aguiar-Branco adiantou que, na reunião bilateral, foi feita “uma reflexão sobre a situação do golfo da Guiné”, onde as partes concordaram que “é preciso reforçar a vigilância e a fiscalização marítimas”, perante as ameaças do “narcotráfico e da pirataria” e promover o treino conjunto entre os militares de ambos os países.

    O ministro da Defesa angolano destacou, por sua vez, “a vontade política de continuar a trabalhar em conjunto e de forma cada vez mais estreita”, até porque “as relações entre Portugal e Angola são históricas”.

    Durante a conferência de imprensa e em resposta aos jornalistas, João Lourenço afirmou que “as Forças Armadas angolanas têm interesse particular na cooperação com Portugal, sobretudo no domínio da formação e do ensino militar, dos mais diferentes níveis (básico, intermédio e superior)”. A experiência da marinha portuguesa “no controlo das fronteiras marítimas” e a oferta de Portugal ao nível das indústrias de Defesa são outros dos aspectos com interesse para Angola. (Defesa)
    [/size]


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Sex 24 Mar 2017, 04:14