Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    ARTIGOS 18NOV

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    18112014

    ARTIGOS 18NOV

    Mensagem por ANASP

    [size=32]ARTIGOS[/size]

    [size=11][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    PORTUGAL LIDERA MISSÃO NA UCRÂNIA

    PORTUGAL LIDERA MISSÃO NA UCRÂNIA


    17-11-2014
    Uma equipa multinacional liderada por Portugal conduziu, de 11 a 13Nov14, uma inspeção a um Declared Site, o 6th Training Artillery Regiment, pertencente ao 169th Training Centre, em Deviski, na Uc(…)
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]Ler Mais



    COMEMORAÇÃO DO DIA NACIONAL DO MAR

    [/size]
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

    No dia 16 de Novembro assinala-se o Dia Nacional do Mar, a Marinha e a Autoridade Marítima Nacional comemoram a efeméride através de várias iniciativas destinadas ao público em geral e que visam divulgar e celebrar o Mar.



    MDN e Instituto Politécnico de Tomar parceiros no Turismo Militar

    A Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional considerou o protocolo de cooperação assinado esta sexta-feira entre o Ministério da Defesa Nacional (MDN) e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT) como “uma nova etapa no desenvolvimento do Turismo Militar”.

    “Prezamos muito a comunidade académica e tudo faremos para envolver na linha da frente as autarquias e as entidades regionais com responsabilidades no Turismo, sem as quais não será possível fazer do Turismo Militar um fenómeno do qual nos possamos orgulhar”, explicou Berta Cabral numa intervenção no Auditório do IPT, em que revelou o logótipo que identificará a marca deste segmento do Turismo.

    O Turismo Militar, que pretende valorizar a história militar e todo o património nacional que lhe está associado, terá uma associação sem fins lucrativos, aberta a todas as pessoas singulares ou colectivas que desenvolvam, directa ou indirectamente, actividades no sector de Turismo.

    Em causa está um universo patrimonial que engloba unidades militares, museus militares, campos de batalha, espólio documental, necrópoles, monumentos e outro património edificado sob a tutela do Ministério da Defesa Nacional mas também de outras entidades estatais e municipais, ou mesmo sob propriedade de privados, que queiram associar-se a este movimento e reúnam condições para o efeito.

    “Ao nível dos roteiros, por exemplo, tanto o IPT como o Exército, através da Brigada de Reacção Rápida e da Direcção de História e Cultura Militar, têm um histórico meritório que nos permitirá avançar de imediato com um conjunto de circuitos e itinerários nas regiões de Lisboa, Médio Tejo e de Elvas, autênticos projectos-piloto para o todo nacional”, revelou a Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, acrescentando que, em breve, serão apresentados um sítio na internet e uma aplicação para dispositivos móveis específicos para o Turismo Militar.

    Evocando o Centenário da Grande Guerra, Berta Cabral falou de novos caminhos e avançou o exemplo francês, onde o Turismo da Memória já movimenta mais de 7 milhões de turistas anualmente. Entre 2010 e 2013, o número de visitantes a memoriais em França, sobretudo monumentos e cemitérios militares, aumentou 16 por cento.

    “O Turismo Militar, em todas as suas vertentes, reúne todas condições para dar um contributo importante para a manutenção e criação de postos de trabalho, com a vantagem de ser menos sazonal do que outros tipos de turismo”, afirmou a Secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional.

    Imediatamente após a assinatura do protocolo realizou-se o seminário "Turismo Militar: um projecto dinamizador de destinos turísticos”, com intervenções de especialistas académicos e um militar, na presença dos Presidentes das Câmaras Municipais de Tomar, Aveiro, Abrantes, Constância, Sardoal e Vila Nova da Barquinha e de outras entidades ligadas ao Turismo. (Defesa)



    NRP VIANA DO CASTELO EMPENHADO EM ACÇÃO DE SALVAMENTO NA LÍBIA

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O NRP Viana do Castelo, que se encontra em patrulha ao largo da ilha italiana de Lampedusa, a sul da Sicília, no âmbito da Operação “TRITON 2014” da Agência FRONTEX, foi hoje empenhado numa ação de salvamento marítimo, para recolher 196 pessoas a bordo de uma embarcação de madeira, a 45 milhas a noroeste de Tripoli, capital da Líbia.

    Chegados ao local foram recolhidas 15 crianças, incluindo um bebé de 1 ano e as restantes com idades até aos 10 anos, 20 adultos do género feminino e 166 do género masculino, num total de 201 imigrantes provenientes da Líbia, e de vários países de África.

    Muitos dos náufragos encontravam-se com sinais de pré-hipotermia, desidratados e com fome, tendo-lhes sido prestados cuidados médicos primários e distribuída água, bebidas quentes, comida, cobertores e abrigo.

    De salientar que durante o mesmo dia foram registados vários pedidos de ajuda às autoridades italianas, tendo sido empenhados diversos meios militares e civis.

    A acção foi coordenada pelo Centro Coordenador de Busca e Salvamento Marítimo de Roma e pelo Centro Coordenador Internacional da Agência FRONTEX, em Roma.

    A operação de salvamento foi dada como terminada cerca das 22h00, horas locais, estando o patrulha oceânico Viana do Castelo a dirigir-se ao encontro do navio da Marinha Italiana “San Giorgio”, que irá receber os imigrantes para posteriormente os desembarcar em terra.

    O NRP Viana do Castelo permanecerá na área de patrulha disponível para outras acções de salvamento marítimo que surjam nas próximas horas. (mgp)

    [/size]

    Ministro da Defesa Nacional preside ao encerramento do exercício Ciber Perseu 2014

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
    [size]
    O ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco presidiu, ontem, ao encerramento do exercício Ciber Perseu 2014, no comando das Forças Terrestres, em Oeiras.

    O major-general Arnaut Moreira, Director do exercício, fez uma apresentação detalhada tendo explicado que o Ciber Perseu é uma prática em que "o Exército disponibiliza ao País uma estrutura de Exercício a que se podem associar Instituições, Organizações e Empresas, que pretendam aproveitar esta oportunidade para treino interno e cooperativo”, tendo destacado o “entusiasmo crescente” dos participantes.

    “Cada um treinou o que tinha que treinar nas suas áreas críticas; no final, o País saiu mais forte”, “as pessoas conheceram-se” e “este trabalho de interacção permitiu também associar cadeias de efeito dominó, que podem resultar num ataque no ciberespaço feito com uma dimensão apreciável”, referiu o general.

    Pela primeira vez neste exercício, foi também integrada uma componente jurídica, para emitir pareceres e proporcionar um alinhamento jurídico, permitindo que as organizações participantes respondam de forma igual, através dos seus departamentos.

    Antes do encerramento da sessão, o ministro da Defesa Nacional dirigiu algumas palavras aos presentes e saudou a “realização do exercício no modelo em que foi seguido porque esta interacção e cooperação permite duas coisas: uma capacidade de resposta mais eficaz e que haja um conhecimento mútuo e um desbravar de fronteiras, entre a dimensão militar e civil, o que é um valor acrescentado e ajuda a perceber melhor este dois mundos”.

    José Pedro Aguiar-Branco relembrou ainda que a cibersegurança é uma “prioridade” estabelecida pelo novo Conceito Estratégico de Defesa Nacional.

    O Ciber Perseu 2014 incorporou a experiência adquirida pelo Exército, no âmbito dos exercícios multinacionais da NATO, envolveu elementos da Estrutura de Comando, da Estrutura Base e elementos da Componente Operacional do Sistema de Forças do Exército. Relativamente à componente civil participaram empresas como a EDP, a REN, o BANIF e Instituições como a Universidade do Minho, entre outros.(DN)
    [/size]


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Qua 16 Ago 2017, 17:34