Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    ARTIGOS 10-09-2014

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 37
    Localização : Portugal
    11092014

    ARTIGOS 10-09-2014

    Mensagem por ANASP

    [size=32]ARTIGOS[/size]

    Tomada de posse do Comandante do Regimento de Infantaria nº 3

    Foi nomeado, por escolha, Comandante do Regimento de Infantaria nº 3, o Coronel de Infantaria Carlos Fernando Nunes Faria e a tomada de posse foi no início deste mês.

    O Coronel Carlos Fernando Nunes Faria nasceu em Messejana, tem 55 anos de idade e 35 anos de serviço. Está habilitado com o Curso de Infantaria da Academia Militar, com o curso de Promoção a Capitão da Escola Prática de Infantaria, com o Curso de Promoção a Oficial Superior do Instituto de Altos Estudos Militares, além de outros cursos e estágios.

    Ao longo da sua carreira prestou serviço em várias Unidades, Estabelecimentos e Órgãos do Exército. Cumpriu duas comissões de serviço no exterior: uma na Bósnia Herzegovina e outra em S. Tomé e Príncipe.

    Da sua folha de serviços constam 13 louvores (7 concedidos por Oficial General) e várias condecorações, de que se destacam três medalhas de Serviços Distintos de grau Prata; as medalhas de Mérito Militar de 2ª e 3ª classe; a medalha de Dom Afonso Henriques – Mérito do Exercito, de 2ª classe; e as medalhas de Prata e de Ouro de Comportamento Exemplar.

    Em 1999, obteve o grau de Mestre em Estudos Portugueses pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa. É casado, tem um filho e reside em Beja. Voz da Planície




    ----------------------------------------------------------------------------



    INTEL





    War alone will not defeat Islamists, says US ex-military intel chief


    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]By IAN ALLEN | intelNews.org
    The former chief of military intelligence in the United States has warned that military force cannot defeat Islamic-inspired militancy without a broader strategic plan. Lieutenant General Michael Flynn led the US Defense Intelligence Agency from July 2012 until August of this year, serving essentially as the most senior intelligence official in the US Armed Forces. He stepped down amidst rumors that he had been asked to resign because his plans to modernize military intelligence operations were “disruptive”. On Wednesday, while addressing the annual Maneuver Conference at the US Army’s Maneuver Center of Excellence in Fort Benning, Georgia, General Flynn addressed the issue of Sunni militancy and how to counter groups like the Islamic State. Responding to a question from the audience, the former DIA director said “what this audience wants [to hear] is ‘kill ’em all, let God sort ’em out, get the T-shirt [and] go down to Ranger Joe’s” (a military clothing retailer). And he added: “we can kill all day long, but until we understand why there are [such large] numbers of [fundamentalist] believers globally, [groups like the Islamic State] will not be defeated”. Flynn went on to say that America is losing initiative in the war of ideas with Islamic radicalism, as the latter is spreading rapidly across the world, especially in regions such as Africa and South Asia. Responding to another question from the audience, the former DIA director dismissed the view that there is an ideological split between al-Qaeda and the Islamic State, saying: “there is no tension; they hate us equally; it is an expansion”. Last month, Flynn gave an interview in which he said the international environment was “is the most uncertain, chaotic and confused” he had witnessed in his three-decade career. Read more of this post
    --------------------------------------------------------------------------------------------------------

    Município de Óbidos demora um ano a pagar gratificados à GNR

    Se já ouviu falar no Mercado Medieval, a Feira do Chocolate ou na Vila Natal, convinha também saber que quando a festa acaba há atrasos de pagamentos.
    As contas na Câmara Municipal de Óbidos não têm sido boas. Segundo o Jornal das Caldas, em 2013 as despesas do município foram superiores às receitas. Desta forma, ficou no ano passado um prejuízo no valor de 2.7 milhões de euros, que se veio a reflectir noutras situações, conforme o Tugaleaks pode apurar. A dívida bancária a médio e longo prazo também aumentou para um valor, cita o mesmo jornal, de 3 milhões de euros.
    O Mercado Medieval, a Feira do Chocolate ou a Vila Natal são nomes conhecidos não só para a população local mas também por Portugal, e mesmo pelo estrangeiro. São festas e eventos em que se reúnem várias pessoas na Vila de Óbidos, rodeada por muralhas… e protegida por agentes da GNR.
    Estes agentes, fazem este serviço nas festas com o chamado “gratificado” – ou seja, na maioria dos casos, são obrigados, numa folga, a irem trabalhar para proteger o cidadão. Tendo em conta que os guardas da GNR têm apenas uma folga semanal, acabam por trabalhar sete dias seguidos, sem descanso.
    A Associação dos Profissionais da Guarda – APG/GNR, denunciou que estão em dívida 16.000EUR aos militares da GNR que fizeram este serviço em 2013.
    No comunicado, enviado à Imprensa, pode-se ler que estão em causa “valores próximos dos 16000€ (dezasseis mil Euros) referente aos eventos “Mercado Medieval” (entre 11 Julho e 04 Agosto de 2013), “Vila Natal” (entre 06 Dezembro de 2013 e 01 de Janeiro de 2014) e o ” Festival do Chocolate” (entre 14 de Março e 6 de Abril de 2014)”.
    A associação da guarda indica que os militares “apesar de serem mal pagos, não podem ser considerados ‘mão de obra’ barata e muito menos gratuita” e “exige a regularização imediata destes valores com os respectivos juros de mora. Pois a demora demonstrada na regularização desses pagamentos, em alguns dos casos em mais de um ano, é no mínimo demonstrativo de uma falta de respeito para com os profissionais da GNR”.
    “Deve ser a Tutela e o Poder Local os primeiros a dar o exemplo” indica ainda o comunicado.
     
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
     

    Município acusa GNR de pressão

    O Gabinete de Comunicação esclareceu ao Tugaleaks, através da empresa municipal responsável pelos eventos, a Óbidos Criativa, que “foram várias as formas de pressão que sofremos no sentido de aumentar o número de efectivos, mesmo sem que estes fossem necessários, quer em número, quer em períodos que nada o justificava, sempre sob a condição de não assinarem o Plano de Segurança para os eventos”. Embora confirme que, confirmando o atraso,  foi efectuada “a ordem de pagamento no dia 2 do corrente mês para pagamento parcial desta dívida, cujo pagamento será regularizado esta semana. As restantes faturas serão liquidadas até ao final do corrente ano”.
    Em relação à alegada pressão efectuada, o Município esclarece que “afinal, o que estava em causa era, mais uma vez, o Poder Local a ter de substituir a Administração Central” pois ao ter mais efectivos e mais horas a GNR poderia “melhorar o parco orçamento familiar dos profissionais” indicado no comunicado da APG.
     Tentámos contactar o partido da oposição nesta Câmara gerida pelo PSD, mas perguntando por uma pessoa do PS, fomos informados que tal vereador não existe, embora tenha nome e fotografia disponível no site.
     De salientar ainda que a GNR é a única força de segurança na Europa a não ter qualquer um horário de trabalho definido.
    Da próxima vez que for a um destes eventos, lembre-se: a segurança tem sempre um preço.
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]----------------------------------------------------------------------

    Não és obrigado a ser praxado!

    SECRETARIA DE ESTADO DO ENSINO SUPERIOR
    [size=31]Governo lança campanha contra “praxes humilhantes e vexatórias”[/size]
    8/9/2014, 22:292.745 PARTILHAS
    Partilhe    
    Secretaria de Estado do Ensino Superior quer alertar estudantes e instituições de ensino superior para o caráter voluntário da praxe e para a possibilidade de denunciar abusos
    [Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]






    A Secretaria de Estado do Ensino Superior lança esta terça-feira uma campanha que visa alertar as instituições de ensino superior e os estudantes para o facto de a praxe académica ser “totalmente voluntária”, ao mesmo tempo que apela à denúncia de “qualquer ofensa à integridade física e psicológica pelo próprio ou por terceiros que testemunhem esses abusos”.
    Os folhetos que a partir de terça-feira estarão disponíveis nas instituições de ensino superior têm slogans como “Não és obrigado a ser praxado!” e “Diz não às praxes agressivas e violentas” e incluem um texto que lembra aos estudantes que “a não participação na praxe não pode significar a exclusão de estudantes de quaisquer atividades académicas” e que “nenhum(a) estudante pode ser discriminado(a) por decidir não participar em atividades realizadas no âmbito da praxe”. Há ainda uma referência ao Regime Jurídico das Instituições de Ensino Superior, que qualifica como infração disciplinar “a prática de atos de violência ou coação física ou psicológica sobre outros estudantes, designadamente no quadro das praxes académicas” e que prevê sanções para essas infrações. Os estudantes são assim avisados da existência de mecanismos legais para se defenderem.
    Para ler o artigo do Observador na íntegra:http://observador.pt/2014/09/08/ii/


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Sex 28 Jul 2017, 15:01