Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

Registe-se, conecte-se e contribua no melhor fórum de divulgação da Segurança Privada.

Visite-nos no Site Oficial ANASP em www.anasp.pt.vu

ANASP nas Redes Sociais

Siga-nos nas principais redes sociais e acompanhe todas as novidades!

FACEBOOK
Subscreva e comente as actividades e notícias da ANASP
Siga aqui https://www.facebook.com/AssociacaoNacionalDeAgentesDeSegurancaPrivada

TWITTER
Ligue-se à maior rede social corporativa do mundo
Siga aqui https://twitter.com/ANASPups

YOUTUBE
Acompanhe e partilhe os vídeos da ANASP
Subscreva aqui http://www.youtube.com/user/ANASPTV
Fórum Oficial da ANASP

Bem-vindo ao Fórum Oficial da ANASP, Fundada em 2009 | Associação Nacional Agentes Segurança Privada | Portugal

ANASP - Associação Nacional Agentes Segurança Privada

"UNIDOS PELO SECTOR"

Sede: Urbanização Caliço, Lote P10, Frente A, 8200 Albufeira (ao lado terminal autocarros Albufeira)
Delegação Faro: Rua Libânio Martins, nº14, Fração B na União de Freguesias da Sé e São Pedro.

Delegação Lisboa:  Rua Abranches Ferrão Nº 13, 1º, 1600-296 Lisboa (Em frente à Loja do Cidadão das Laranjeiras)

Delegação Braga: Rua Dr. Francisco Duarte, 75/125, 1º, Sala 23, C.C. Sotto Mayor – 4715-017 Braga

 (ao lado Segurança Social de Braga, contactar Dra. Eva Mendes)

Telemóvel: 938128328 Telefone: 289048068


Horário de atendimento: Segunda a Sexta: 09h/12h - 14h/17h

Telefone: +351 253 054 799

Telemóvel: /+351 965293868  / +351 936345367(tag) / +351 917838281

Email: geral.anasp@gmail.com

Últimos assuntos

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:34 por ANASP

» ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:31 por ANASP

» Ofertas emprego
Sex 31 Jul 2015, 14:28 por ANASP

» Ofertas de Emprego Segurança Privada
Sex 31 Jul 2015, 13:54 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:23 por ANASP

» ANASP_Newsletter_23julho
Qui 23 Jul 2015, 14:16 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:43 por ANASP

» ANASP_Newsletter_16julho
Qui 16 Jul 2015, 14:10 por ANASP

» (2)ANASP_Newsletter_15julho
Qua 15 Jul 2015, 13:58 por ANASP

Galeria


Navegação


    Patrulha da GNR adivinhava tragédia

    Compartilhe
    avatar
    ANASP
    Admin

    Mensagens : 3215
    Reputação : 61
    Data de inscrição : 17/07/2009
    Idade : 38
    Localização : Portugal
    27082010

    Patrulha da GNR adivinhava tragédia

    Mensagem por ANASP

    Aveiro: Mau tempo levou militares a alertar para consequências de saída da A25
    Patrulha da GNR adivinhava tragédia

    Patrulha retirada do nó de Talhadas da A25 era a única do Destacamento de Trânsito da GNR de Aveiro de serviço naquela via. Falta de meios levou a que tivesse de ser retirada daquele local para acorrer a outros três acidentes

    Viatura colocada no nó de Talhadas, da A25, foi convocada para abandonar auto-estrada e acorrer a outros três acidentes. Meia hora depois ocorreram os choques

    Uma patrulha do Destacamento de Trânsito (DT) da GNR de Aveiro, a única daquela unidade que circulava na A25 segunda-feira à tarde, foi convocada para sair do nó de Talhadas, onde se encontrava em serviço, para acorrer a três acidentes ocorridos noutros locais. Os militares ainda alertaram que caso saíssem do local poderiam ocorrer consequências graves devido ao mau tempo e ao muito trânsito ali verificado – mas a falta de meio s fez com que tivessem de abandonar a zona onde, meia hora depois, dois choques em cadeia com 56 viaturas causaram cinco mortos confirmados e 73 feridos.

    Fontes oficiais do comando-geral e do comando de Aveiro da GNR confirmaram esta situação ao CM. "A patrulha em causa estava em missão na A25, auto-estrada que é patrulhada em simultâneo pelos destacamentos de trânsito de Aveiro, Viseu e Guarda", disse ontem ao CM o major Couto, da GNR de Aveiro. A missão dos militares foi "a mesma de sempre". "Há sempre patrulhas visíveis na A25 e noutras vias do País para vigiar a circulação", explicou o major Armindo, do Comando-Geral da GNR.

    O excesso de nevoeiro e humidade intensa que se faziam sentir no nó de Talhadas fizeram com que a patrulha reforçasse a vigilância. Pouco depois das 15h00 de segunda-feira os militares fixaram-se naquele ponto da A25, de pirilampos rotativos ligados, e numa missão dissuasora de comportamentos de infracção por p arte dos inúmeros condutores.

    No entanto, meia hora depois, às 15h30, a patrulha recebia ordens para abandonar aquela missão – o que a GNR também confirma oficialmente. "Três outros acidentes de viação ocorreram quase em simultâneo na área patrulhada pelo DT de Aveiro, e a escassez de meios obrigou à chamada de todas as patrulhas disponíveis", disse ao CM o major Couto, da GNR de Aveiro.

    Os militares ainda alertaram para as péssimas condições atmosféricas na A25, e a previsibilidade de acidentes, mas a ordem era irreversível. Meia hora após a saída dos militares, às 16h09, ocorreram dois choques em cadeia consecutivos que, até ao momento, mataram 5 pessoas e feriram 73. Para o major Armindo, "só liga a saída da patrulha com a ocorrência dos acidentes quem o queira fazer com propósito". "Assim que houve o alerta chegaram ao local do acidente 26 viaturas e 62 militares da GNR. A resposta foi pronta", diz o oficial.

    MEN INO DE 5 ANOS E ADULTOS INTERNADO

    Um menino de cinco anos e pelo menos oito adultos vítimas do acidente da A25 continuavam ontem internados em unidades hospitalares. A criança e quatro dos adultos estão em hospitais de Coimbra, para onde foram transferidas várias vítimas. Das três crianças que deram entrada no Hospital Pediátrico da cidade só este menino inspirava mais cuidados, mantendo-se nos Cuidados Intensivos.

    Segundo Farela Neves, director dos Cuidados Intensivos, a criança apresentava "traumatismo facial e uma fractura de membro". As restantes crianças, uma com sete e outra com três anos, já regressaram a casa.

    Nos Hospitais da Universidade de Coimbra permaneciam internados quatro doentes. Uma mulher, de 19 anos, com 30% do corpo queimado foi transferida durante a noite para o Hospital de Santa Maria, em Lisboa. No Hospital Infante D. Pedro, Aveiro, foram assistidas inicialmente 24 vítimas, segundo dados do Ministério da Saúde. Cinco eram crianças e já tiveram alta. As restantes foram transferidas para outros hospitais ou receberam alta.

    Em Viseu entraram 27 pessoas, tendo algumas sido transferidas de hospital e outras receberam alta. Ontem à tarde uma mulher de 80 anos continuava ali internada.

    [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
    _______________


    _________________
    UNIDOS PELO SECTOR
    Compartilhar este artigo em: BookmarksDiggRedditDel.icio.usGoogleLiveSlashdotNetscapeTechnoratiStumbleUponNewsvineFurlYahoo!Smarking


      Data/hora atual: Sab 21 Out 2017, 17:19